Futuring®️ > Blog > EAD > Tutor na EAD: qual o papel e características deste profissional

Tutor na EAD: qual o papel e características deste profissional

Postado por: Lorena Valtuille
Categoria: EAD

Escolher a plataforma digital adequada e fornecer conteúdo de qualidade é fundamental em um projeto robusto de educação a distância. E mais: o funcionamento perfeito dessa engrenagem depende do professor. Mas também de uma figura menos conhecida, porém não menos importante: o tutor na EAD.

Os professores, entre outras demandas, estabelecem os fundamentos teóricos do projeto e das disciplinas. Além disso, selecionam e preparam o conteúdo, definem bibliografia e os materiais de apoio. Por vezes, elaboram o material didático, sempre em busca de um alinhamento entre a teoria e a prática.

á o tutor é um profissional contratado especificamente parar tirar dúvidas dos alunos. Ele serve como ponte entre a instituição de ensino superior e o aluno.

Justamente por lidar com o estudante e acompanhar todas as etapas da sua jornada acadêmica, o tutor EAD é considerado um “fator humanizador” da modalidade online.

Mediação pedagógica é o principal papel do tutor EAD
Uma das principais características da EAD é a autonomia dada aos alunos. Entretanto, a mediação pedagógica online é imprescindível para que eles não se sintam isolados ou desamparados. Isso pode levar à evasão e à perda da qualidade no ensino.

Nesse sentido, pode-se dizer que o principal o papel do tutor no EAD é a mediação do processo de ensino e de aprendizagem. Isso passa, especialmente, por esclarecer dúvidas pontuais, no âmbito pedagógico e até administrativo.

O tutor, inclusive, deve investir constantemente em ações e atividades que desenvolvam sua interação com os sujeitos de aprendizagem. É essa proximidade que permite ao tutor desempenhar um papel na avaliação constante do processo formativo.

Ou seja, a partir do feedback e acompanhamento dos estudantes, ele é o responsável por identificar dificuldades individuais. Nesses casos, cabe ao tutor fornecer materiais e atividades de apoio que auxiliem na construção do conhecimento.

A ampla atuação do tutor como mediador faz dele um profissional decisivo para gerar engajamento e diminuir os índices de evasão.

Agilidade é palavra-chave

Para cumprir seu papel com exatidão, o tutor EAD deve conhecer ao máximo o projeto pedagógico. Além disso, o material didático e os conteúdos dos cursos que acompanha.

Vale destacar também a importância da familiaridade com o ambiente virtual de aprendizagem (AVA ou LMS, na sigla em inglês), meio pelo qual ele vai se comunicar com os alunos na maioria das vezes.

Por fim, as IES, por sua vez, devem oferecer horários estendidos de atendimento tutorial. Afinal, as respostas às demandas dos estudantes precisam ser ágeis.

Preferencialmente, o atendimento do tutor deve ser organizado para não deixar o estudante esperando mais do que 24 horas por uma resposta.

Autor: Lorena Valtuille

Deixe uma resposta